22 de jul de 2005

Bye bye, so long, farwell...

sempre tem a cama pronta
e rango no fogão
Luz acesa, me espera no portão
Eu tô voltando pra casa...

Meus queridos...
Tô saindo pra uma semaninha de férias, mas pode ser que eu escreva de lá.
Por enquanto:

Minha alma canta
Vejo o Rio de Janeiro
Estou morrendo de saudade...
...Rio você foi feito prá mim
...
Esse samba é só porque
RIO, EU GOSTO DE VOCÊ

Fui!!!
:-)

|

17 de jul de 2005

Vingança é um prato que se come frio

Quem pensou que eu ia falar do Flamengo, embora devesse, está redondamente enganado...
Essa é uma história de vingança fria e longamente saboreada, após quase 30 anos passados da "afronta".
1975. Eu tinha acabado de ganhar de presente do meu muito amado primo Francisco, a quem devo cerca de 60% da minha cultura pop e musical, em especial no quesito ROCK, aquele que até hoje é um dos meus álbuns favoritos, se não for "O".
Sabe aquelas coisas que você gosta de ouvir no último furo e ainda canta junto aos berros, volta algumas músicas várias vezes até alguém implorar pra que você mude o disco? Foi assim que o LP(ahahahahah...) Fruto Proibido da Rita Lee & Tutti Frutti entrou pelos meus ouvidos, veias, tripas, poros, ossos , enfim me chapou o côco e chapa até hoje.
Eu, que já adorava os Mutantes, fiquei alucinada com aquele som, aquela sonoridade única, que na minha humilde opinião, titia Rita nunca mais conseguiu igualar, embora eu até ache legal alguns trabalhos posteriores.
Bom. Nessa época, essa que vos escreve já se achava muita coisa mesmo tendo apenas, por algum terrível equívoco da natureza, 10/11 anos .
Um belo dia, meu lindo primo chega em casa falando que a Rita Lee ia fazer show no Mourisco( no ginásio do Botafogo) e que tinha comprado ingressos pra me levar. Aí deu merda.
Minha mãe(megera!) surgida do nada , interveio com um categórico "nãodejeitonenhumvocêémaluco",e eu, nesse momento como toda e qualquer menina de 10 anos, abri o berreiro,esperneei, mas não houve santo que fizesse a implacável D.Glorinha mudar de idéia.
Minha prima Márcia que já "tinha idade" pra entrar no show acabou ganhando o ingresso e o meu ódio por alguns minutos, e tudo o que me restou foi ir pra cama mais cedo pra chorar à vontade sem ninguém me encher o saco.
Putaqparil... foi um show antológico, e eu não estava lá pra fazer parte da história...por esse aspecto eu não me conformo até hoje.
Porém....Ah, porém....
2000. Agora eu é que sou mãe de uma pentelha de 10 anos e vovó Rita vai fazer um show em comemoração seiládiquê no Parque do Ibirapuera.
"Vamulá, Marina! Vai ser um puta show". Na época ela tinha ressucitado Erva Venenosa, do finado Herva Doce , e a Marina adorava, vivia cantando " venenosa êêêêê..."
Na verdade, não foi apenas um puta show: foi um show do caralho!!!!
Rita Lee cheia de gás como nos velhos tempos , botou pra fuder, mesmo com uma banda que não chega no chulé do Tutti-Frutti.
Dançamos e cantamos histéricamente e quando ela começou a abrir o baú, enlouqueci de vez.
Primeiro pela emoção de ouvir a soundtrack da minha vida ali pulando ao lado da minha filha.
E segundo porquê...eu estava finalmente VINGADAAAAAAAAA!!!PUTAQPARIU!!!
Eu berrava e chorava: "eu hoje represento a loucura...mais o que você quiser...."
O maior pesadelo da minha mãe estava consumado: a filha e agora a neta dançando no meio daquela turba de maconheiros e afins - minha mãe sempre teve pavor desse negócio de "tóchico".
Chegamos em casa ilesas mas abolutamente exaustas,o que não me impediu de fazer um interurbano, só por desaforo, e comunicar a "megera" da minha façanha.
"Mas você é doida mesmo..." ela se resignou a responder.
"Pois é, agora eu empatei"...
"Empatou?...O que? Ai...não acredito, você não esqueceu ainda essa história?"
Na verdade não, mas não tinha mais importância.
Um belo dia resolvi mudar, e fazer tudo o que eu queria fazer.
E a justiça finalmente foi feita. E saboreada.

Image hosted by Photobucket.com

sei que eu nasci pra saber...saber o que?

:-)

|

13 de jul de 2005

Hoje ainda é dia de Rock!!!!!

Ilustração de Mauricio Soldi


Há muito tempo que eu não vinha no clube

Mas as pessoas permanecem as mesmas
parecem personagens saídas de uma balada
de Neil Sedaka no começo dos anos 60..

No começo dos anos 60....
O mundo se escandalizava com o vai e vem lascivo dos quadris de Elvis, e a juventude botava (literalmente) pra quebrar tomados pelo tic-tac explosivo de Bill Halley.
Chuck Berry imortalizou com um riff de guitarra igualmente alucinante a história de um certo Johnny, que também tocava feito um louco.
Não havia o que satisfizesse Mick Jaegger, por mais que ele tentasse e os Beatles forjavam o tipo "moços de família" , como se terninhos e cabelos tijelinha fossem capazes de contê-los.
A pergunta era: Será que algum dia eles vêm aí?
Aqui no lado B ( de Brasil!) as mocinhas tinham que tomar banho de lua, pra mamãe não brigar (ainda volto a falar sobre isso em outro contexto), usavam lacinhos cor de rosa e pediam clemência ao muito esperto cupido.
Alguns rapazes sofriam vendo a chuva cair enquanto os mais impetuosos (mas esse podia porque, diziam, era o rei) mandavam tudo pro inferno.
Na metade dessa década, em meio a todo tipo de revoluções, eu tive o privilégio de vir ao mundo, a tempo de ver os Beatles juntos, querer ser a Wanderléa, e aprender a cantar "Pobre Menina" quando ainda mal falava.
O rock da década seguinte, até hoje meu favorito, me arrebatou em cheio!
Na mais tenra idade, eu conseguia compreender que os Mutantes sabotavam mesmo com a caretice da ditadura militarista e que , indiscutivelmente, Jimi Hendrix era (É!)deus.
Descobri e caí de paixão pelo progressivo, e consequentemente pelo nosso Rock Rural, de Sá, Rodrix e Guarabyra.
Com o fim da ditaduta e a chamada "abertura política", os anos 80 chegaram com fome de gol, e finalmente minha geração pôde soltar o grito entalado na garganta.
Não vou conseguir falar de tudo e de todos que eu gostaria, porque isso tudo evoca em mim muita emoção, e escrever enquanto se chora, sempre embota um pouco o raciocínio.
Só posso dizer que essa sucessão de fatos só fez com que música fosse a minha vida e o Rock'n Roll o meu sangue.
Aos meus heróis, e porque não dizer, companheiros de vida, já que fazem parte dela até antes de eu nascer, o meu agradecimento, a minha devoção e o meu amor:
Todos os citados acima, em especial Zé Rodrix, que não se importa que eu escreva tanta abobrinha metendo as músicas dele no meio...rs...( obrigada, Zé, vc está sempre no play do meu som imaginário!), Erasmo Carlos,Jerry Adriani, Raul Seixas, Rita Lee, Lulu, Leo Jaime, o ultrajante e fabuloso Roger!Kid Vinil, o menino veneno Ritchie, Marcos Kleine, Kraus e seu Jess Saes, psicodelíssimo! Hamilton de Andrade(to sir with love!),e outros tantos que are always on my mind, mas que eu precisaria de metros e metros de post pra falar deles todos.
E especialmente, dedico esse texto ao meu favorito rock'n roll heroe, Felipe, meu irmão que ainda teve a sorte de nascer nesse dia - e nos anos 60!!!!!

Só falta, agora,
Entrar a mesma turma de outrora
de topete na testa, blusão James Dean
e Globe-Trotter marrom...
Só falta, agora,
Alguém botar um rock na vitrola
Que eu saio dançando pela sala
Com um Cuba-Libre na mão...
(Anos 60 - Sá, Rodrix e Guarabyra)

Oh Yeah!!!!!
:-)



|

10 de jul de 2005

Ahhh...eu te amo...ahhhh, eu te amo,meu amor....

- Isso é definitivo?
- A-hã...
- mas... é... irreversível?
- ...acho que sim...

E foi assim que começou o meu dia ontem.
O desespero com a perda iminente me impedia de esboçar qualquer reação.
Só então eu pude ver com total lucidez o quanto eu precisava dele e tudo o que ele representa na minha vida. Na verdade, nesse momento entendi claramente que viver sem ele seria praticamente impossível.
Ar. Precisava de ar. Pros pulmões e pra mente; quem sabe uma boa arejada não ia me fazer recobrar a habitual serenidade diante de impasses como este.
Too late, baby... o desespero já havia tomado conta de mim, assim como a sensação de náusea e a vontade de sumir.
Foi tudo culpa minha. Eu deveria tê-lo tratado melhor, com mais atenção, cuidado, faltou carinho, até...
Senti a dor de ver minha vida toda desaparecendo pra sempre junto com ele.
Choro entalado.EU ME ODEIO!!!!
Voltei pra dentro de casa, arejar não mudou muita coisa, só me fez passar nervoso e frio.
Entrei na sala , e pra minha surpresa ele estava lá, ligadão como sempre:

- Não foi o HD que queimou, foi apenas um fio solto...
- Quer dizer que está tudo bem? Não perdemos nada?
- Não, tá tudo aí.

Ah, PC do caralho! Computador imprestável! Máquina dos infernos!
Não faz mais isso comigo, feladaputa, NUNCA MAIS! Eu te jogo pela janela!
Credo...
Deve ser por isso que dizem que computador/internet é coisa do demônio.
Se for, fudeu, minha alma está irremediavelmente vendida.
Bom Domingo, galera!

:-)

|

8 de jul de 2005

só que...

Antes de sair, dei aquela passadinha básica pelo Orkut e achei isso:






Ana Paula > Claudia 8/7/2005


de:
Claudia
para:
me


assunto:
CSVP




mensagem:
Legal, encontrar pessoas que fizeram parte da nossa vida a um tempão atrás. Hoje não sou mais aquela menina timida, mas realmente fiz amigos para vida toda no CSVP. Lembro que vc a Silmara eram consideradas "Deusas" (garotas muito bonitas) por muitos do Colégio...rsrsrssrs.

Deusa? Eu?
Ganhei o dia...agora vou sair pra trabalhar absolutamente insuportável, principalmente por que, desde ontem eu sou praticamente a Juliane Moore da R.Clélia...rs...
Ai, ai...adorei isso!Obrigada, Claudinha!

Image hosted by Photobucket.com

Ana indo trabalhar



:-)
|

(ocupado)

Gente... pode não parecer, mas eu preciso trabalhar..
Sim, eu faço isso também... Então, tenham um cadim de paciência, q já já eu vou postar alguma coisa nova.
E deixa eu cuidar da vida pra poder voltar logo.
Beijos!
:-)
|

5 de jul de 2005

Ainda sobre a festa no Apê...

...que na verdade era uma bela cobertura.
O bundalelê eu já contei dois posts atrás, é que acabei de lembrar de uma que também merece entrar pra posteridade.
Ela disse que a frase da semana foi minha, mas foi dela essa tirada sensacional:
As duas comadres na sala assistindo o Live 8 no meio de pessoas absolutamente desconhecidas.
Paul McCartney ataca a introdução de Drive my Car, quando aparece no palco...George Michael!!!!!
Eu tive orgasmos quádruplos em total silêncio, me permitindo apenas um suspiro, enquanto ela vira pra mim e metralha:
-É numa hora dessa que eu queria ser homem....
- Ah é?...
- É... Pra poder "pegar" o George Michael...rs...
Todos os olhos da sala cravados em nós. Pra não deixar barato eu completei:
- E o Robbie Williams...
- É... e o Robbie Williams também....
Gargalhadas...Só nossas, é claro, diante dos olhares incrédulos dos presentes.
Daí pra frente vocês já sabem, é que domingo de manhã a gente esqueceu dessa, senão tinha contado tudo de uma vez.

:-)
|

4 de jul de 2005

pausa para respirar

Image hosted by Photobucket.com

Still, by the window pane-
Pain, like the rain that's falling...
She waits in the air Matte Kudasai-
She sleeps in a chair in her sad America.

When, when was the night so long?
Long, like the notes I'm sending...
She waits in the air Matte Kudasai-
She sleeps in a chair in her sad America.

She waits in the air Matte Kudasai-
( Matte Kudasai -King Crimson/ Discipline)
|

3 de jul de 2005

THE GIRLIE SHOW

Todo domingo de manhã Cyndi e Candy entram no MSN pra fazer a resenha do dia anterior.
Mas dessa vez foi digna de registro:

Ana diz: olha q demais!
Ana diz:
eu e vc "papeando"
A transferência de "foto247-3.jpg" está concluída.
Ale Siedschlag diz: HAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHAHH "mas viiiiiiiiu, menina?"
Ale Siedschlag diz:
"desnecessário aquilo"
Ana diz: não é bem assim?
Ana diz:
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
Ana diz: "mariah carrey....bitch desnecessária"
Ana diz: mas eu achei a foto linda!
Ale Siedschlag diz: tudo!
Ana diz: tô pensando em escrever sobre ontem, sobre conversa de meninos e conversa de meninas
Ale Siedschlag diz:
hahahahha seria ótimo!
Ana diz: mas vou usar a foto só no final
Ale Siedschlag diz: aquela hora foi histórica, a gente passando blush, batom e sombra e lápis dourado
Ale Siedschlag diz:
e eles falando de motos italianas
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHAHHAHAHAHHA
Ale Siedschlag diz:
aquilo foi muito engraçado
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHA o cúmulo do tédio!!!!!!
Ana diz: o q foi aquilo, gente? nunca fiz isso na vida....AHAHAHAHAHAHAHAHAH
Ale Siedschlag diz: HAHAHHAHA nem eu, acho que a gente tava tão de saco cheio que a gente resolveu falar girlie talk um pouco tipo "a gente pode também seus putos"
Ale Siedschlag diz: HAHHAHAHAHHAAHH uma coisa surreal, totalmente superficial, gente, como foi divertido aquilo
Ana diz: engraçado foi a cara da namorada do anfitrião...como é mesmo o nome dela?
Ale Siedschlag diz: carol
Ana diz: ah é! vc viu a cara dela enquanto a gente revirava as bolsas?AHAHAHAHHAHAHAHAHAHHA
Ale Siedschlag diz: HAHHAHAHAHHAHAHHAHHAAHHAHAHAHAHHAHAHAHAH meu, será que ela acha que a gente é assim mesmo?
Ana diz: foda-se ela!!!!
Ana diz: nem ligo..ela é desnecessária mesmo...
Ale Siedschlag diz: ela é total desnecessária
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHA
Ale Siedschlag diz: queria ter um gif fazendo os ombrinhos subindo e descendo agora
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAAHHAHAHAHAHAHHAH
Ale Siedschlag diz: e falando "deixa, deixa!" como a chiara fala
Ana diz: a marina falava "não tô ligando"
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHHAHAHAHAHH a chiara é foda
Ale Siedschlag diz: outro dia eu falei pra ela "porra chiara E DAÍ?"
Ale Siedschlag diz:
ela falou "abaixa as calças e mija aí"
Ale Siedschlag diz:
eu ia dar uma bronca nela mas explodi de dar risada
Ana diz: AHAHAHAHAHAHHAHAHASHAHAHAHAHAHAHAHHAHAH
Ana diz:
a horas ela vai pra sua casa?
Ale Siedschlag diz: eu vou pegar ela às 12h
Ana diz: menina...até chorei de rir da gente ontem...
Ana diz:
pior é q só dei conta disso agora q vc falou
Ale Siedschlag diz: qdo?
Ale Siedschlag diz:
do que?
Ana diz: da gente se maquiando...e eu procurando a porra do rímel com glitter...rs....
Ale Siedschlag diz: e vc falava "é glitter, é roxo"
Ale Siedschlag diz: HASDALSKJDJLAS
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHA
Ale Siedschlag diz: "não acrediiiiiiiiiiiiiiiiiiiitoooooooooooo que eu perdi!"
Ale Siedschlag diz: e o que ERAM AQUELES DOIS VIADOS?
Ana diz: e se a conversa deles durasse mais uma hora e eu achasse a merda do rímel, a gente ia sair de lá parecendo uns travecos
Ana diz:
casalsinho, né?
Ale Siedschlag diz: GARGALHADASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
Ale Siedschlag diz:
a gente ia sair de Cyndi e Candy, HAKDAKHDKJSHADSJAKHDKJASHD
Ana diz: a gente podia ter chamado eles tb
Ale Siedschlag diz: se aquela porra de conversa continuasse em rodas momo, caralho de som a quatro, moto ducati
Ale Siedschlag diz:
e a gente se montando, HAHAHAHHAHAHAHAH
Ale Siedschlag diz:
a gente ia ficar igual à mariah carey
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAAH caralho... tô me matando de rir, não consigo nem escrever...
Ale Siedschlag diz: HAHAHHAAHAHAHHAHAHAHAH meu, isso dá um belo post no anaconda Ale Siedschlag diz: HAHAHAHAHAHAH
Ana diz: Tá praticamente pronto, vou até salvar essa conversa pra não esquecer de nada...rs...
Ale Siedschlag diz: aquela menina de saltinho com namoradinho bonitinho que não come carne até é gente bem boa
Ale Siedschlag diz:
mas eu não tava naquele clima ontem
Ale Siedschlag diz: eu tava bem puta
Ana diz: eu vi... mas foi por isso q a gente se divertiu tanto
Ale Siedschlag diz: acho que sim
Ana diz: quem não comia carne? ela ou o namorado?
Ale Siedschlag diz: ela
Ale Siedschlag diz:
ela acabou com o queijo!
Ana diz: ah....
Ale Siedschlag diz: vc não viu? a menina é uma draga!
Ale Siedschlag diz: HAHSDLSALDSAJ
Ana diz: puta programa de índio pra ela tb, coitada
Ale Siedschlag diz: aquela hora que eu te dei aquele puta neco de queijo imenso
Ale Siedschlag diz:
era porque ela ia comer tudo
Ale Siedschlag diz: LKJASDLJSALKDLASJDAS
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHH....tipo, "salvei o seu, amiga...."
Ale Siedschlag diz: exato
Ale Siedschlag diz:
vc viu que eu insisti?
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHA
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHHAHAAHHA
Ale Siedschlag diz: e outra: temperar carne de churrasco com FONDOR não.
Ale Siedschlag diz:
não pode.
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Ale Siedschlag diz: carne de panela?
Ana diz: cara ..a moya tá me olhando com cara de "coitada, pirou..." de tanto q eu tô rindo....
Ale Siedschlag diz: HAHAHHAHAHAHHAHAHAHHA
Ale Siedschlag diz: porra
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHAH
Ana diz:
mas churrasco de george foreman grill... vc queria o q?
Ale Siedschlag diz: faltava pôr o caldo de carne MAGGI pra derreter junto naquela porra de George Foreman Grill
Ale Siedschlag diz:
HASJSALKSLKAJDLAJDLSAD
Ana diz: só faltou a ana maria brega pra servir
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHHAHAHHAHAHHAHHAHAHA e o louro josé pra dizer "ó o bicho"
Ana diz: AHAHAHAHAHHHAHAHAHAAHHAHAHA louro josé era a namorada dele mesmo...rs...
Ale Siedschlag diz: HAHHAHAHAHHAHAHHAHAHHAHAHHAHA A CAROL?
Ana diz: como a gente é filha da puta.....AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAH a Loura José?
Ale Siedschlag diz: HALKJASLKÇJDLKASJDLSALDJ GARGALHADASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
Ana diz: lôra josefa
Ale Siedschlag diz: HAHHAHAHAHHAHAHHAHAHHAH total!
Ana diz: e desnecessária!
Ale Siedschlag diz: HAHAHHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAH desnecessária!
Ale Siedschlag diz:
(mostra o perfil da figura no orkut)
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHH... tá igualzinha a keliqui na foto....AHAHAHAHAHA
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHHAHAHHA KELIQUI!
Ale Siedschlag diz:
HAHAHHAHAHHAHAH
Ana diz: meu...fiquei até com falta de ar de tanto q eu ri agora...rs...
Ale Siedschlag diz: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH eu passei mal tb
Ale Siedschlag diz:
aliás puta merda tá virando vício
Ana diz: tô chorando, cara.. fui até pegar um lenço pra limpar o nariz...rs....
Ana diz: o q? a "resenha" depois dos passeios?
Ale Siedschlag diz: frase da semana: e se a conversa deles durasse mais uma hora e eu achasse a merda do rímel, a gente ia sair de lá parecendo uns travecos
Ana diz: AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
Ale Siedschlag diz: HAHHAHAHAHHAHAHHAHAHAHHAHHAH
Ana diz: pode publicar essa...AHAHAHAHAHHAHAHAHAHHA
Ale Siedschlag diz: HAHAHHAHAHAHHAHHAHAHAHHAH
Ana diz: ai.....ufa...
Ana diz: vou começar a escrever esse texto... vai ficar muito engraçado mesmo

Image hosted by Photobucket.com

A propósito... eu achei o rímel!

:-)





|

1 de jul de 2005

INDIGNAÇÃO SIM, ACOMODAÇÃO JAMAIS!




Bom... sobre o último post, deixei pra me pronuciar depois de alguns comentários pra falar tudo de uma vez só.
Acho que a situação não deve se resumida apenas a Lula, PT, etc. O fato é que quem tá na roda é o Brasil e estamos todos dentro dele, ou seja, estamos todos no mesmo barquinho de papel, rodeados por tubarões que não param de nos mostrar os dentes.
O CU em questão é o NOSSO!
Acho muito raso, colocar a culpa nesse ou naquele figurão, ou partido, caralho a quatro.
Quero resistir a cair no clichê amplamente cantado, decantado e desgastado: "a droga já vem malhada antes de eu nascer", pra não emitir mais uma opinião conformista/conformada/acomodada sobre o assunto.
Então, agora sim eu volto pro Cazuza, cuzamos os braços por que não podemos fazer nada e "pra gente fica assim?"
Coé, neguinho, de que lado você samba?
A gente pode fazer muito sim, na verdade, a gente pode tudo.
Nós temos o direito ao VOTO, garantido pela Constituição e pelo exercício da cidadania. Isso quer dizer que o PODER na verdade, é NOSSO, mas uma estúpida inversão de valores nos faz crer que passaremos o resto da vida sendo subjugados e oprimidos por políticos inescrupulosos,e...PUTAQPARIU!!!! ACORDA, MINHA GENTE!!!!!
Chega desse blábláblá que só serve pra esmagar a nossa auto-estima...
Vamos fazer valer o que nos é de direito! É como uma criança aprendendo a andar;vai cambaleando, cai algumas vezes, mas logo se sente confiante e ganha o mundo sobre as próprias pernas.
Estou sim decepcionada e desiludida,mas em nenhum momento me arrependo do meu voto que fiz de plena consciência e vontade.
E pra terminar, Théo, meu caro... a gente NÃO merece isso, não mesmo...
Principalmente você, com sua pouca idade e experiência de vida mas com enorme coração.
E vamos à luta... que outra eleição já está se aproximando...
Você vai votar pela primeira vez; que nenhum desses episódios sejam esquecidos e que todos sejam levados em consideração na hora de apertar o botãozinho da urna.
E a todos um grande beijo e um excelente final de semana, sem medo de ser feliz!
(Não, não sou petista.)

:-)








|