18 de out de 2008

Me, myself and I

Diante da tragédia que se abateu sobre São Paulo ontem, que eu prefiro não comentar pq todos os meios de comunicação já estão fazendo isso exaustivamente e de maneira nauseante,comecei a procurar, nem que fosse por alguns momentos algo q me isolasse da tanta atrocidade.
Antes já havia procurado um texto antigo pra mostrar pra B., e me deu vontade de voltar aos meus arquivos e reler algumas coisas.
Quanto de mim eu encontrei nesses 5 ou 6 anos de textos! Revi e revivi todas as histórias - as que eram ali contadas e as da minha vida q corriam em paralelo enquanto eu as escrevia."Você nunca está arruinado se tem uma história boa pra contar e alguém pra ouvir".
Deu saudade. Mas não saudade dos fatos, de uma época, deu saudade de mim. To com tanta saudade de mim agora... De uma EU que talvez tenha ficado perdida em algum ponto do trajeto, enquanto eu provavelmente me consumia com coisas menores, alguma mesquinharia ególatra, quem sabe. Quero minha EU de volta. Pode ser que EU não more mais em mim,tenha se mudado, mas quem sabe EU deixe eu me visitar. Podemos tomar chá, cantar um pouco, ficar próximas, talvez íntimas...EU mal me conhece!
Vou tentar. Boa sorte pra mim.
Pra nós.
:)
|