28 de out de 2005

"Andar com fé eu vou
Que a fé não costuma faiá"

Ana,
Hoje, 28 de Outubro, é dia de São Judas Tadeu. O Santo das causas impossíveis. E, por ironia do destino, padroeiro do Flamengo.
Você precisa ver a missa da igreja aqui no Jabaquara. O altar fica montado nas escadas da entrada e a multidão no meio da rua. É uma coisa enorme. Trânsito desviado e o escambau. Na hora da bênção, as pessoas levantam tudo aquilo que julgam impossível de se resolver: Carnê atrasado, diagnóstico médico, boletins escolares, contas de água, luz, etc.
Eu vou. Com a maior fé. Vou levar minha camisa do Flamengo, pois o fantasma do rebaixamento nos assombra a cada dia. Na hora da bênção levantarei o Manto Sagrado, que curiosamente, ganhei do Zico. A que ponto chegamos! uma camisa do Zico pedindo ajuda aos céus!!!
E você? o que levaria?
Viva São Judas Tadeu!
Beijos do Tatá.


(p.s.: falta a imagem dele aqui, por burrice minha ainda não consegui publicar,mas vou continuar tentando.Ana)
|

23 de out de 2005

É hoje...E agora?

23/10/2005.

Chegou o dia da gente "decidir"sobre a comercialização das armas de fogo.
Depois de tanto blá blá blá, confesso que não sei o que pensar...
O budismo orienta a votar SIM, e bem lá no fundinho, meu coração também.
A razão e a indignação com a situação que já ultrapassou todos os limites do que poderia ser chamado de surreal em que vivemos, é taxativa com relação ao NÃO.
É SIM ao não ou NÃO ao sim.
Eu queria votar NÃO ao referendo.
Não a esse papel de palhaço que estão gentilmente nos oferecendo, para fazer-nos crer que "temos o direito"de opinar.
Não a essa moralidade hipócrita que tomou conta do país. De uma hora pra outra parece que todos se imbuíram dum espírito absurdamente justo e pensam que vão realmente "ajudar a dar um jeito no país" e lavar a nossa honra.
Quê isso, minha gente! Estão subjugando a nossa inteligência. Estão usando e abusando da notória baixa auto-estima dos brasileiros querendo induzi-los à ilusória sensação de que vivemos numa democracia...
AAAAAAAApaputaqueospariu!!!!!
Isso é patético.
É uma deslavada má intenção de tirar o foco da atenção dos brasileiros do mar de lama que estamos vivendo: "Vamos dar uma distração pra esses otários acharem q podem alguma coisa enquanto a gente dá um jeitinho nas coisas aqui".
Não que eu esteja ignorando a real urgência de um desarmamento, ela existe, mas, a gente sabe: o buraco é mais embaixo e seja qual for o resultado desse referendo vai mudar absolutamente nada.
Eu acreditaria que vivemos em uma democracia, se no lugar dessas palhaçadas esporádicas, a gente tivesse sim, o direito a decidir sobre tudo que coloca direta ou indiretamente nosso pescoço( pra não falar CU que é feio ) na reta.
Mas desse jeito eu fico numa posição que me deixa sem saber o que fazer.
Ou melhor, sei.
Eu devo justificar a minha ausência uma vez que meu título de eleitor é carioca como eu.
Muito barulho por nada?
Beijos à todos e um excelente resto de domingo depois dessa aporrinhação de ter que sair de casa pra participar dessa patifaria.

:-)
|

21 de out de 2005

Pedido

A Manuel Bandeira

Quando eu estiver mais triste
mas triste de não ter jeito,
quando atormentados morcegos
um no cérebro outro no peito –
me apunhalarem de asas
e me cobrirem de cinza,
vem ensaiando de leve
leve linguagem de flores.
Traze-me a cor arroxeada
daquela montanha – lembra?
que cantaste num poema.
Traze-me um pouco de mar
ensaiando-se em acalanto
na líquida ternura
que tanto já me embalou.

Meu velho poeta canta
um canto que me adormeça
nem que seja de mentira.

Olga Savary
|

12 de out de 2005

O sim é mais legal!!!!


Galera, mudei de idéia, agora voto sim ...vejam os reais motivos

Depois de assistir a campanha do sim, mudei de idéia, vejam porque...

1. Descobri que a arma legal alimenta os bandidos. Todas aquelas AR-15, AK-47 , granadas e bazucas que os traficantes do Rio usam foram roubadas de cidadãos honestos que compraram as armas legalmente. Da minha casa mesmo, por exemplo. Ano passado me roubaram quatro mísseis stinger

2. Descobri que todos os pais que têm armas de fogo costumam deixá-las carregadas e engatilhadas em cima do sofá da sala . Por isso crianças brasileiras morrem brincando com armas de fogo todos os anos.

3. Descobri que todos os assaltantes de casa têm superpoderes . Eles atravessam portas e paredes e se materializam imediatamente na sua frente e apontam uma arma para a sua cabeça enquanto você ainda está deitado, tornando impossível qualquer reação. Eles não perdem tempo e fazem barulho arrombando portas.

4. Descobri que se eu vir ou ouvir algum bandido pulando a cerca e entrando no meu quintal, eu não vou conseguir afugentá-lo com um tiro para cima ou para o chão. Se ele ouvir o tiro, aí sim, é que ele vai ficar excitado e vai querer de toda forma entrar em casa e trocar tiros comigo. Eles adoram fazer isso.

5. Descobri que se o NÃO ganhar, as armas de fogo vão imediatamente ficar 90% mais baratas e vai acabar a burocracia para a compra de uma. No dia seguinta à vitória do NÃO, qualquer pessoa (bandido ou não) vai poder ir numa loja de armas, comprar um 44 e oito caixas de munição, já vai sair armado e vai para o bar mais próximo para arrumar briga e me matar.

6. Descobri que delegados e policiais civism militares e federais - que são em quase totalidade favoráveis ao NÃO - não entendem N-A-D-A de violência e criminalidade. Quem manja mesmo do assunto são atores, sociólogos e dirigentes de ONGs internacionais.

7. Descobri que estrangeiros que lideram ONGs como a Viva-Rio têm muita experiência no assunto. Afinal, todo mundo sabe que a situação social, econômica e de criminalidade da França, Inglaterra e Estados Unidos (que é de onde eles vêm) é IGUALZINHA à realidade do Brasil. Não tenho a menor dúvida de que as teorias que eles têm vão funcionar direitinho aqui.

8. Descobri que 90% dos casos de homicídios são cometidos pelos chamados cidadãos de bem. Claro que isso é só dos homicídios ESCLARECIDOS, que são menos de 5% dos casos. Mas pela lógica, os outros 95% dos homicídios, que não são esclarecidos, também deve ser causados pelos cidadãos de bem.

9. Descobri que o governo quer que a gente vote sim. E o governo sempre pensa no nosso bem . Afinal, todo mundo sabe que a qualidade da saúde pública, ensino público, segurança pública, e etc vem melhorando cada vez mais, dia a dia.

10. Descobri que se o SIM ganhar, não vão mais acontecer mortes banais . Maridos ciumentos só vão agredir as mulheres com travesseiros, torcidas organizadas vão se dar as mãos, facas e canivetes vão perder o fio, tijolos e paus vão ficar macios e os pitboys vão todos se converter ao budismo.

11. Descobri que o jovem é a principal vítima da arma de fogo. Claro que isso não tem nada a ver com o fato de o jovem ser o maior usuário de drogas, e nem o fato de que quase 100% dos envolvidos no tráfico de drogas têm menos de 30 anos (porque morrem ou são presos antes). Isso é só coincidência.

12. Descobri que todo mundo que tem arma de fogo é um suicida em potencial. E a única causa do suicídio é a arma de fogo, e não a falta de perspectivas, falta de um ideal, falta de um sonho a buscar ou então distúrbios mentais como a depressão.

13. Descobri que se algum bandido invadir a minha casa, basta eu ligar para o 190 . A polícia sempre tem homens e viaturas sobrando e levará menos de 3 minutos para me atender.

14. Caso isso não aconteça, basta eu fazer o sinalzinho do "sou da paz" com as mãos e o ladrão vai saber que eu sou um sujeito legal, e então ele vai embora em paz sem levar nada e sem violência nenhuma. Eles sempre agem assim quando descobrem que você é da paz, e não um daqueles psicopatas malvados que são a favor do NÃO.

15. Caso o ladrão seja muito, mas muito malvadão, eu só preciso gritar por socorro. Em cinco segundos vão aparecer a Fernanda Montenegro, a Maitê Proença e o Felipe Dylon para me salvar e prender o bandido. Sem usar armas. êêêêêêêêêê!!!

16. Se o SIM ganhar, o Brasil vai ser um país mais feliz. Que nem na novela! Obaaaaaaa!

.......
Adoraria assinar esse texto, mas infelizmente não é meu(*invejinha*)...
Recebi através de uma lista de discussão da qual eu participo, a M-Música, postado pelo genial Tavito, que também não é o autor do texto e que dispensa maiores apresentações.
Tavito,
um ramalhete de obrigadas e beijos pra você!

|

10 de out de 2005

respondendo às suas perguntas...

7 coisas que eu odeio fazer ou que me dão medo

- andar no escuro

- passar roupa(odeio)

- fazer/desfazer mala de viagem( detesto!!!!)

- intolerância

- sermão de testemunhas de jeová(pavor!!!!)

- injustiças

- elevador velho(medo)

7 coisas que eu gosto

- musicaaaaaaaa

- tatoo

- fuçar brechó

- pastel de feira( o da Anita da pça Cornélia é the best!)

- Rio de Janeiro

- andar de chinelo havaiana

- melissinha de qualquer marca( até as "tabajaras")

7 coisas importantes na minha sala

-computador

-televisão

-dvd player

-sofá

-controle remoto

-janelão

7 fatos sobre a minha pessoa

- acreditava piamente q Arnaldo Batista tinha morrido até conhecê-lo em carne e osso

- convidei-o pra jantar na minha casa

- ele foi com a Lucinha, mulher dele, gente finíssima

- falamos pelos cotovelos a noite inteira e foi muito legal

-eles me convidaram pra visitá-los em Juiz de Fora

-eu nunca fui

7 coisas que planejo fazer antes de morrer

- viajar muito

- aprender a patinar in line

- ter um jardim enorme e absolutamente maravilhoso cuidado por mim

- aprender hebraico( porque sim)

- conhecer a India

- aprender a tocar contrabaixo

-aprender a tocar piano

7 coisas que consigo/posso fazer

- dançar flamenco

- dançar funk

- parteira de cachorros

- cantar coisas absurdas

- tocar violão

- ouvir as pessoas

- guardar segredo

7 coisas que não faço ou não poderia fazer

- sair de casa sem brincos

- rir/contar piadas racistas

- maltratar um animal

- maltratar crianças

- entender matemática

- ser mal educada com os outros, mesmo qdo a pessoa merece q eu seja

- rir baixo

7 coisas que eu mais digo

- quéisso!

- nem fudendo

- pára!!!!

- te amo

- caralho!

- por favor

- obrigada

7 celebridades - não vai dar pra ser só 7

-Alessandra

-Maura

-Amita

-Rico

-Mau

-Marina

-Chiara

-Moya

7 pessoas que eu gostaria que respondessem

- Alan

-Mau

-Roberto

-Joo

-Amita

-Tatá

-Lilla

-Tatoca

Fui!

:-)

|

3 de out de 2005

Vamos conversar...

Talvez alguns de vocês já tenham recebido esse texto por email também:

Prestem atenção antes de votar !

Estatística de homicídios por País:

Brasil: 27 (Por 100mil Habitantes) / 3,5% (Domicílios com armas )

Estados Unidos: 6 /52%

Canadá: 3 /30%

Itália: 2 / 17%

França: 1,5 / 24,5%

Suécia: 1,5 /15%

Suíça: 1 /35%

Fontes: Movimento Viva Brasil, Movimento Viva Rio, Instituto Superior de Estudos da Religião (Iser), Polícia Federal,
CPI do Tráfico de Armas. Publicado pelo Jornal "O Estado de Minas" em 24.07.2005.

Veja o quadro e pense: Terá o nosso número alto de homicídios relação com a existência de armas legais?
Observe que o número de domicílios com armas nos países constantes do quadro é bastante superior ao nosso número
e nem por isso o número de homicídios é tão alto quanto o nosso. O nosso problema não é com as armas legais e sim com
as ilegais, com as contrabandeadas, que não entrarão no desarmamento. O nosso problema é conjuntural, é cultural.
Será apenas mais uma lei a ser desrespeitada pelos bandidos e mais uma lei que o poder público não dará conta de fazer cumprir.
Se hoje a polícia não consegue nos proteger (Acredito que por falta de apoio governamental e não por empenho das corporações),
imagine com o bandido tendo a certeza que não encontrará resistência pela frente.
ACIDENTES SÃO PASSÍVEIS DE PREVENÇÃO, BANDIDO NÃO. Ainda mais hoje em que eles não estão respeitando mais horário,
local, mais nada, muito menos a polícia.
VÃO DESARMAR PESSOAS DE BEM, NÃO O BANDIDO. REFLITA BASTANTE PARA O REFERENDO EM OUTUBRO.

By the way: eu sou à favor do desarmamento.
Uma arma em casa não significa proteção, e uma arma na mão,
num momento de crise e descontrole emocional, pode provocar as maiores tragédias: seja numa residência, no trânsito, em qualquer lugar.
Eu votaria sim, sem pestanejar, mas agora não sei mais.
Está aberta a discussão, me digam vocês agora o que pensam.

Ah!!!! Só mais uma coisinha: pessoas de(do) bem precisam mesmo ter arma em casa?
Por outro lado, uma pessoa ter uma arma significa que ela é má?
Socorro!!!!!
|