17 de jan de 2006

No recreio


Quer saber quando te olhei na piscina
Se apoiando com as mãos na borda....

Seus pés se espalham em sandálias...


Fervendo a água que não era tão fria
E o azulejo se partiu porque a porta
Do nosso amor estava se abrindo

No meu coração fiz um lar
O meu coração é o teu lar


E alguém igual não há de ter


É a vista que os meus olhos querem ter
Sem precisar procurar
Só é possível te amar
Escorre aos litros, o amor

p.s: faltou dizer q o texto é do Nando Reis!!!!!
|